Iluminação de Natal na Praça da Liberdade 2020

O Comitê de Combate à Covid-19 da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) fez um pedido formal a Alexandre Kalil (PSD) para que a tradicional iluminação de Natal na Praça da Liberdade não seja realizada neste ano na capital mineira. A razão é o aumento de casos do novo coronavírus na capital e a aglomeração que o evento provoca. A decisão final está nas mãos do prefeito reeleito.

Circuito da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, aguarda reabertura

“A recomendação do comitê é que não tenha e, se tiver, que seja de uma forma que a pessoa só possa apreciar de dentro do próprio carro. A definição vai depender do prefeito”, disse, o médico infectologista Estêvão Urbano, um dos especialistas que compõem o comitê ao lado do secretário municipal de Saúde, Jackson Machado, Carlos Starling e Unaí Tupinambás.

“Vivemos um momento crítico e, para não deixarmos a situação sair do controle, não podemos proporcionar algo que provoque aglomeração. Estamos tendo aumento no número de casos, mas a situação está relativamente controlada, mas pode descontrolar a qualquer momento”.

O infectologista voltou a ressaltar que a palavra final será de Kalil e do secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis. “Fizemos a recomendação e está em processamento [o nosso pedido]. Tenho até que ligar para eles e saber como está o nosso pedido”, reforçou Urbano.

A Praça da Liberdade recebe anualmente centenas de visitantes vindos de todas as partes do mundo para conhecerem a linda iluminação de Natal na Praça da Liberdade, o isolamento social ainda é o método mais eficaz, enquanto todos não forem vacinados.

Via: bhaz