Grupo de detentos vai restaurar prédios da Praça da Liberdade

Numa parceria entre administração prisional e o Iepha, 52 detentos vão fazer curso e já trabalhar nas obras de revitalização da praça, abrindo caminho para a sua ressocialização.

Vida nova para os bens culturais da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, e também para 52 detentos que cumprem pena em regime semiaberto. Numa parceria da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), 30 homens e 22 mulheres vão trabalhar nas obras do chamado Prédio Verde, futura Casa do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, e na pintura das fachadas do Museu Mineiro e do Arquivo Público Mineiro, ambos na Avenida João Pinheiro, na cobertura do coreto da praça e nos muros do Palácio da Liberdade.

Continue lendo “Grupo de detentos vai restaurar prédios da Praça da Liberdade”