Pichadores atacam mural recém-pintado na Praça da Liberdade

Uma pessoa não identificada cobriu, com tinta branca, os seios de uma mulher pintada pela artista Patrícia Caetano.

Dez dias depois que 54 grafiteiros deram um novo colorido à Praça da Liberdade, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, pintando de forma alegre e criativa os tapumes que cercam o canteiro de obras de revitalização do espaço, o vandalismo também deixou as suas marcas. Três painéis foram pichados. Uma pessoa não identificada cobriu, com tinta branca, os seios de uma mulher pintada pela artista Patrícia Caetano (Pat Caetano). A pintura da artista sobre a madeira pedia respeito às mulheres com a frase “Respeita as Minas”. Em outro painel com os nomes de todos os artistas, o vândalo pichou a seguinte frase, com vários erros ortográficos e de concordância: “Cês num cuida nem dos ponto de turismo. Imagina das favela”.

Continue lendo “Pichadores atacam mural recém-pintado na Praça da Liberdade”