População aprova revitalização da Praça da Liberdade

Espaço público nobre de BH, praça foi reaberta ontem, após seis meses em reforma. Já o Palácio da Liberdade volta a receber visitas no fim de semana, com novos projetos museográfico e educativo.

Dois ícones de Belo Horizonte voltam ao “convívio” de moradores e visitantes, neste início de dezembro, depois de longo período fechados – no caso do Palácio da Liberdade, por três anos e meio, enquanto a Praça da Liberdade, também na Região Centro-Sul, levou seis meses para ficar pronta. Considerado o espaço público mais nobre da capital, que completará 121 anos no dia 12, a Liberdade já está sem os tapumes grafitados por artistas de rua que protegiam, desde maio, jardins, fontes, esculturas em mármore, coreto e outros equipamentos. Já a tradicional iluminação natalina a cargo da Cemig será inaugurada na quinta-feira, ficando até 6 de janeiro. Serão no total 400 mil microlâmpadas de LED, mil de estrobos (pequenas), 1,5 mil metros de mangueiras luminosas e 78 projetores, cortina de microlâmpadas no coreto e árvores de Natal com 7m de altura. O tema desta vez é Músicas de Minas, num encontro do paisagismo com os sons das Gerais.

Continue lendo “População aprova revitalização da Praça da Liberdade”