Servidores são notificados e deixam prédio do Palácio da Liberdade

Os manifestantes acusam desvios no Instituto de Previdência dos Servidores Militares de Minas Gerais e no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg).

Os servidores da Segurança Pública de Minas Gerais que ocupavam o Palácio da Liberdade na Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital, deixaram o prédio por volta das 22h50 desta quata-feira (6), após serem notificados sobre decisão tomada pela 3ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias da Comarca de Belo Horizonte. O texto estipulava multa de R$ 50 mil por hora, em caso de permanência do movimento no local.

Continue lendo “Servidores são notificados e deixam prédio do Palácio da Liberdade”